Tuesday, 4 November 2014

A verdade que dói

É tão triste que o meu primeiro post depois das férias será um de tristeza e decepção. Mas a verdade que dói é essa: ninguém suporta gente feliz. Felicidade acaba com a raça de qualquer um. Ontem cheguei de férias, feliz da vida por realizar um sonho que sempre tive desde da 6a. série: ir aos Estados Unidos da América...eu sei, eu sei parece meio bobo e até infantil. Mas eu não quero saber. Todas as coleguinhas da escola foram à Dysney menos eu... fui em sonho vendo as fotos e enchendo o saco delas com as minhas perguntas.  

Mas o que mata é gente pensando que a vida que a eu tenho caiu do céu. Que eu nasci em berço de ouro.  Eu não acredito em milagres, nunca fui pedir nada a Deus sem fazer a minha parte e eu nunca fiquei sentada esperando a ajuda de ninguém. Eu vou lá e faço.

As noites em claro estudando e indo trabalhar no outro dia. Ouvir piadinha preconceituosa, indiretas “quem é essa daí“, “coitada aquela nariguda pensa que é alguém“. Ouvi milhões de vezes que eu não ia chegar a lugar nenhum, que eu devia parar de sonhar grande e aceitar que a nem todo mundo chega lá. 

Chorei rios amazônicos. Me despedaçei e me colei novamente mil e uma vezes. Mas nunca deixei que as críticas destruíssem os meus sonhos. Porque eu tenho uma fortaleza dentro de mim, uma foteleza que não me deixa desistir. E eu só cheguei no topo do monte têm ainda um Everest para escalar. 

Eu não entendo por que as pessoas não podem ser felizes uma pelas outras. Ou por quê ninguém pode ser feliz por mim?! Amigo é amigo quando ele vê a tua felicidade e fica feliz com você, por você. Eu não preciso de amigo quando eu estou na merda. Eu NAO quero dividir a minhas merdas com ninguém. Mas felicidade não vende.  

No one can have it all. That’s right. Olha isso é de matar.   


4 comments:

  1. Infelizmente é do ser humano essa coisa de pensar "se não estou feliz, ninguém pode estar". A pessoa não acredita realmente que o problema é conosco. Ela projeta em nós a própria frustração. Isso já aconteceu bastante comigo, mas aprendi a não me importar. Sinto até pena quando percebo que alguém se sente assim em relação a mim. Tente não se desgastar muito com isso. Quem te hostiliza pelas coisas boas que vc faz, na verdade, está se sentindo muito mal mesmo. E se vc tem certeza do que quer, do que almeja, e acho que seu sonho era bem consciente e definido, enjoy, aproveite, orgulhe-se, sem esperar aprovação dos outros. É o que tento fazer.
    ;)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sim, mas as vezes ha coisas que te pegam desprevenida...aquela estória do "I didn't see it coming"... eu não vi pelo menos. Mas concordo plenamente. Estou aprendendo a nao me preocupar, antes ia ficar me torturando por uma semana, hoje em dia demora um dia, metade de um dia e esqueco. O proximo passo...eu nem vou registrar essas coisas. Obrigada pela visita também :)

      Delete
  2. Se a gente se preocupar com isso, a gente não vive. O melhor é ver os nossos sonhos se realizarem quietinhas, é mais gostoso. Aproveita a sensação de realizar o teu sonho, e todo o resto que se dane.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Hey Lor. Falou tudo. Valeu pela visitinha :)

      Delete

I love comments, they make my day. Let me know you stopped by.