Wednesday, 24 December 2014

Antes da meia-noite

Christmas tree at SouthBank Centre - Embankment 
Before midnight. Quase la. Aqui são 15:41hrs e estamos getting ready. Essa minha família ainda e pequena não ha necessidade para muitos preparos. A arvore esta pronta, jantar preparado e esperando os retoques finais, os presentes sentadinhos esperando as badaladas das 12, tudo em ordem. Decidimos celebrar esse Natal no aconchego do nosso lar, sem muito barulho, sem muita gente. Nada de "Natal dos Expatriados" esse ano. Dessa vez somos so nos dois,  it's pure bliss. Quatro dias de paz e tranquilidade e tudo que queremos, vai ver assim  esses dias passem rápido e esse ano acabe de uma vez.

Disse a vocês no outro dia que não sou muito nataleira (essa palavra não existe, eu sei!), especialmente porque o meu pai era - nataleiro : ) e nessa época me arrebento de saudades dele. Da rabanadas. Das brincadeiras dele. Dos abraços quentinhos. Mas Natal e isso também lembrar daqueles que não estão na mesa - ou na tela do computador como e o  meu caso - para o jantar da meia-noite. 

Vim aqui para deixar um Feliz Natal a todos. E como sempre leio esse poema do Pessoa nessa época resolvi dividir com vocês... porque por mais contraditório que esse poema seja, ele sempre me faz pensar na essência desse dia, se quiserem ler o poema todo (clique aqui) porque eu so coloquei as partes que mais gosto ai...

O guardador de rebanhos - VIII 
Fernando Pessoa

(Alberto Caeiro)

[213]

Num meio dia de fim de primavera
Tive um sonho como uma fotografia
Vi Jesus Cristo descer à terra,
Veio pela encosta de um monte
Tornado outra vez menino,
A correr e a rolar-se pela erva
E a arrancar flores para as deitar fora
E a rir de modo a ouvir-se de longe.


(...)

A Criança Nova que habita onde vivo
Dá-me uma mão a mim
E a outra a tudo que existe
E assim vamos os três pelo caminho que houver,
Saltando e cantando e rindo
E gozando o nosso segredo comum
Que é o de saber por toda a parte
Que não há mistério no mundo
E que tudo vale a pena.

A Criança Eterna acompanha-me sempre.
A direção do meu olhar é o seu dedo apontando.
O meu ouvido atento alegremente a todos os sons
São as cócegas que ele me faz, brincando, nas orelhas.
Damo-nos tão bem um com o outro
Na companhia de tudo
Que nunca pensamos um no outro,
Mas vivemos juntos a dois
Com um acordo íntimo
Como a mão direita e a esquerda.

Ao anoitecer brincamos as cinco pedrinhas
No degrau da porta de casa,
Graves como convém a um deus e a um poeta,
E como se cada pedra
Fosse todo o universo
E fosse por isso um grande perigo para ela
Deixá-la cair no chão.

Depois eu conto-lhe histórias das cousas só dos homens
E ele sorri, porque tudo é incrível.
Ri dos reis e dos que não são reis,
E tem pena de ouvir falar das guerras,
E dos comércios, e dos navios
Que ficam fumo no ar dos altos-mares.
Porque ele sabe que tudo isso falta àquela verdade

Que uma flor tem ao florescer
E que anda com a luz do sol
A variar os montes e os vales,
E a fazer doer aos olhos os muros caiados.
Depois ele adormece e eu deito-o
Levo-o ao colo para dentro de casa
E deito-o, despindo-o lentamente
E como seguindo um ritual muito limpo
E todo materno até ele estar nu.

Ele dorme dentro da minha alma
E as vezes acorda de noite
E brinca com os meus sonhos,
Vira uns de pernas para o ar,
Poe uns em cima dos outros
E bate as palmas sozinho
Sorrindo para o meu sonho
.................................................................................
Quando eu morrer, filhinho,
Seja eu a criança, o mais pequeno.
Pega-me tu no colo
E leva-me para dentro da tua casa.
Despe o meu ser cansado e humano
E deita-me na tua cama.
E conta-me histórias, caso eu acorde,
Para eu tornar a adormecer.
E dá-me sonhos teus para eu brincar
Até que nasça qualquer dia
Que tu sabes qual é.
....................................................................................
Esta é a história do meu Menino Jesus,
Por que razão que se perceba
Não há de ser ela mais verdadeira
Que tudo quanto os filósofos pensam
E tudo quanto as religiões ensinam?

08-03-1914

FELINATAL!!!!
&
MERRY CHRISTMAS!!!!!

XX

No comments:

Post a Comment

I love comments, they make my day. Let me know you stopped by.