Tuesday, 21 April 2015

Livro Digital ou Impresso? - eis a questão!

"Mas eu gosto da sensação de um livro nas minhas mãos." Todos nós já ouvimos essa afirmação  quando alguém traz à tona o Kindle ou outros e-readers. Foi a minha frase padrão também. Mas eu finalmente cedi e comprei um. 
Eu sei parece até contradição escrever esse post; logo eu que tenho aí ao pé do meu blog uma pledge para ler livros impressos (e não pretendo removê-la) mas após minuciosa pesquisa online e de opinião e de pensar muito nas razões que justificassem um investimento tão grande (afinal de contas ler é um hobby). Comprei! E agora lhes digo por quê.

Desde que comecei esse blog, e passei a registrar os livros que leio, li pouquíssimos livros em Português (veja na página "Books"). não foi por falta de procura; na Biblioteca aqui perto de casa a estante de "Foreign Languages: Portuguese" é bem pequena e visto que não posso comprar todos os livros que leio pois não tenho espaço suficiente no meu querido apa(e)rtamento para guardá-los; somando-se a isso o fato de que eu nunca li aqueles clássicos -  estilo tijolo - simplesmente porque não posso carregar 2 kilos de livro na mão para lá e para cá, pouco à pouco o Kindle tornou-se para mim mais uma necessidade que um luxo. 

Me rendi à modernidade por amor à Língua Portuguesa e pelos livros clássicos ainda a ler. Esse post foi escrito com os leitores indecisos em mente; aqueles que assim como eu sentem-se como que traindo essas coisinhas cheias de palavras dentro que nos trazem tanta satisfação, que gostam de cheirar livros, que esperam ansiosamente pelo o moço do Amazon bater-lhes à porta, que sentem-se felizes só de folheá-los, que suspiram com aquele livro de capa vintage, item de colecionador...ou para os que querem ler mais, escrevi aqui algumas vantagens e desvantagens de se comprar um Kindle: 

POLEGAR PARA CIMA

  • Três pelo preço de um: economia, comodidade e conveniência 
  • Há muitos livros gratuitos - para os que gostam de ler os clássicos é ótimo
  • Livros no formato Kindle são bem mais baratos (Well...alguns! Os que não são; eu prefiro pagar um extra e comprar o livro impresso)
  • Não precisa passar por cima de nenhuma palavra desconhecida, nem anotar para ver no dicionário depois - basta clicar e a explicação aparece. 
  • Para quem gosta de fazer notinhas enquanto vai lendo, o Kindle oferece essa opção. Facilita na hora de escrever uma resenha, e você pode também sublinhar as partes que você mais gosta (assim como no livro de verdade!) e essas são armazenadas no seu Kindle até que você as apague. 
  • A página em branco no Kindle é bem parecida com a de um livro.
  • Perfeito para quem viaja, não precisa carregar peso extra
  • Ecologicamente correto: pense em todas as árvores que você estará salvando :)
  • Modelo que eu comprei? Kindle Voyage e eu recomendo, EXCELENTE!
POLEGAR PARA BAIXO
  • Não é um livro. Não podemos folhear, cheirar nem guardar na estante. 
  • Again não é um livro. Não substitui.
  • Você não pode emprestar (o que dependendo da pessoa não é uma desvantagem)
  • Não há número das páginas no rodapé;  o que para mim é um pouco annoying.
  • Se você não marcar as páginas fica difícil voltar e ler novamente uma passagem por exemplo - o que é bastante annoying!  
Enfim... o resumo da ópera é esse: 50% convertida pois não vou de deixar de comprar livros nem de pedí-los de presente!! Se você é um leitor ávido, que viaja muito, quer livros em outras línguas ou mora no exterior talvez o investimento se justifique. No meu caso valeu a pena.  

O mais importante vale lembrar: não é a forma, mas o conteúdo. 
Digital ou impresso o que não se pode fazer é parar de ler! 
E como a Luísa lá do Cemitério dos Livros Lidos sempre diz:
Boas Leituras!!!
xx

2 comments:

  1. AHAHAHHAHA!!!!!!!!! Que boa surpresa final!!! ;) Obrigada!! Não estava mesmo à espera, mas o mais engraçado é que ao ler o seu texto, pensava se os argumentos me iriam convencer... :P lol Claro que já pensei nesta questão várias vezes, e tenho inclusive um ser cá em casa que me tenta convencer ao máximo, falando só das mil e uma vantagens... porque lá está, "vivemos fora de casa"! ;) E essa foi a parte que me tocou mais e me tem dado que pensar... o peso extra no avião... não é fácil de gerir para viciados em livros como eu!! :P lol Essa e a da parte ecológica... :(... Mas... mesmo assim ainda não me consigo convencer! :P O prazer de tocar num livro, de o cheirar e tudo o que você mencionou... Continua a falar mais alto! :P
    Boas leituras... sejam elas em papel ou digitais!! ;)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ahahaha! Que bom que gostou, amigos do blogue recebem tratamento especial!!! Sim mas vc pode conciliar as duas coisas por isso disse sou 50% convertida. O Kindle ganha pela praticidade, viajar e poder levar todos os livros que quiser, ler na língua mãe ou estrangeira dependendo de onde tiver... Mas sim concordo não substitui e nunca irá substituir um livro de verdade ;)

      Delete

I love comments, they make my day. Let me know you stopped by.