Saturday, 22 August 2015

Crônicas de uma futura mamãe de 30+ brasileira expatriada II: Medos e outros incômodos

Eu tenho medo...
Do baby herdar todos os meus defeitos
De ter um filho gringo que não fala Português
De não ter tempo de fazer tudo até o baby nascer
De não saber o que fazer quando o baby chegar
De me sentir sozinha
De me sentir excluída pelas outras mães na creche/escola
Do meu baby se sentir excluido por eu ser brasileira.....

Além desses medos eu também tenho que lidar com as perguntas: 

Você já sabe o sexo?
Teve desejo?
Quer menino ou menina?
Já planejou a licença maternidade?
Quem vai te ajudar quando o neném chegar, porque vc não têm família aqui?
Você quer parto normal ou cexsária?
E o seu marido? Vai ajudar?
Vai amamentar?
Ja começou a comprar as coisas de neném?
Seu filho vai falar Português?
Quantos filhos você quer ter?

E os comentários, que às vezes são piores que as perguntas:

- Voce não tem família aqui, né? Nossa vai ser super difícil.
- Pode esquecer vida a dois quando filho chegar.
- Férias? Ninguém tem férias depois de ter filhos.
- Filhos? Só dor de cabeça.
- Na sua idade ter filho é perigoso, nem vai ter tempo de ter o segundo.

E por ai vai...

Algumas dessas perguntas/comentários me chateiam, outras são normais e eu não ligo, outras fazem meu sangue fever, outras me deixam desconsolada, em pânico e triste. Outras são tão óbvias que eu nem respondo: Seu marido vai ajudar? Que tipo de pergunta é essa? Of course! Não é opção dele ajudar ou não! Em que século que vivemos?)

Com todos os hormônios trabalhando na minha cabeça, os problemas normais do trabalho, fechando a compra do nosso ape, me preocupando se o dinheiro vai dar para tudo, se eu vou dar conta de ser mãe e todas as outras coisas eu confesso, está difícil to keep it cool. E não é porque eu vou armar um barraco com ninguém mais provavelmente eu vou começar a chorar.

Mas sinceramente o nível de abelhice é estratosférico. E de gente sem nenhuma noção é absurdo. Sugerir que porque eu não tenho família por perto, eu estou em desvantagem não é legal de ouvir. Quando eu ouço de um brasileiro eu entendo que a pessoa quer dizer nas entrelinhas... não vai poder ter uma babá - e é tão ruim assim ter que criar os próprios filhos? Aqui a maioria das famílias não tem empregada ou babá. 

E dai? Ninguém morre por isso.
às vezes eu gostaria que as pessoas parassem e pensassem no que elas dizem as outras. Porque as vezes machuca.




6 comments:

  1. Ainda não comentei... mas desejo-vos as maiores das felicidades com o novo bebé!

    Quanto aos comentários, pode ser dificil mas o melhor é mesmo ignorar! Sabes porque? Porque vais ser uma óptima mãe para ele! :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada, Sofia! Pelo apoio, palavras e apoio. Encheu meu coração e vc colocou um sorriso no meu rosto. beijinhos

      Delete
  2. As coisas vão correr bem! Nada disso vai acontecer, o teu bebé será lindo e terá uma das melhores mães do mundo
    Beijinhos
    Mia

    http://agridoceblogs.blogspot.pt

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada,Mia :) essa coisa de ser mãe da um medo!! Mas temos que acreditar e dar o melhor que temos e deixar a vida se encarregar do resto. Fui visitar o seu blog e amei ! Beijinhos

      Delete
  3. Oláaaaa!!!! :)
    Não venho a este cantinho (porque tenho andado fora dos blogs) há tanto tempo e dou logo de caras com esta noticia maravilhosa!!!!!!!!!! :) Que alegria!!! :)
    Desejo tudo de bom!!! Não se preocupe com os comentários e pensamentos alheios! ;) A única coisa que interessa é o seu coração! ;) Se o seguires podes ter a certeza que estarás sempre a dar o teu melhor! ;) Não há mães perfeitas (felizmente), mas há sim o amor de mãe e filho verdadeiro de quem gosta de alguém de verdade! ;)
    Sou portuguesas como sabes, e vivo em Buenos Aires, tenho uma filha de 5 anos que não fala, mas entende português na perfeição, e fala castelhano na perfeição! :P Descriminada?? Nunca! ;) Até acham bastante piada! ;) Férias com crianças não existem? Mentira!!! Já nos fartámos de viajar com ela, afinal de contas viemos viver para outro país ;) lol e tem muita aventura boa pelo meio! ;) Relaxa, tudo vai correr bem! Os teus maiores receios agora vão "acalmar" assim que olhares para ele ou para ela! ;)
    Beijo gigante e tudo de bom!!!! :)
    Boas leituras! :)

    ReplyDelete
  4. Ai Luíza, obrigada! Seu comentário encheu meu coração! São tantas dúvidas agora, tantas interrogações às vezes eu acordo aflita pensando nessas coisas, pensar que seremos a causa de problemas para o nossos filhos da nó na garganta e na cabecinha de qq um! Obrigada por dividir a experiência como a sua filha, me tranquilizou! Vamos acreditar tudo vai dar certo no final. Um super beijo e venha visitar sempre, estou de olho no seu blogue mas entendo que as vezes precisamos de um "break". Bjs na sua pequena tb!

    ReplyDelete

I love comments, they make my day. Let me know you stopped by.